Buscar
  • Gabriela Guenther

Cadernos Negros, uma história de mais de 40 anos

Cadernos Negros representa uma experiência singular que vem arregimentando autores e autoras de gerações diferentes, bem como de regiões distintas, em uma periodização ininterrupta, com a alternância dos gêneros poesia e prosa.


Criada em 1978, e publicada anualmente e ininterruptamente desde então, a série vem se tornando um marco.


Mais de quarenta volumes foram lançados, um por ano, alternando contos e poemas, proporcionando visibilidade para autores afrodescendentes e fomentando não só a literatura negra, mas também a produção literária das periferias.


Saiba mais:

https://www.quilombhoje.com.br/site/cadernos-negros/

Este volume 42 traz contos de escritorxs de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais, Santa Catarina, Maranhão e Ceará. São histórias que permitem olhares diversos sobre assuntos como relações afetivas, memórias familiares (há textos interessantes que resgatam a imagem de mães e avós), violência policial, o dia a dia nos quilombos, e muitos outros.


Organizado por Márcio Barbosa e Esmeralda Ribeiro, este volume, como os outros da série, foi feito de forma colaborativa e proporciona a oportunidade de se conhecer o que de mais atual vem sendo produzido no campo da literatura afro-brasileira.


Você pode adquirir a publicação em: https://www.quilombhoje.com.br/livraria/index.php/produto/cadernos-negros-volume-42-poemas-afro-brasileiros/

40 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Organização:

Apoio:

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now