Buscar
  • Gabriela Guenther

Pachamama



por Aline Rochedo Pachamama (do Povo Puri da Mantiqueira)


Espírito da tarde,

Filha do Sol,

Irmã da lua,

Mãe do vento,

Senhora dos Andes,

Da Mantiqueira,

Protetora dos seres,

Em todas as suas formas.

És a vida,

O encantamento,

E o mistério,

O silêncio e a majestade da cordilheira,

E o som da minha alma.

Acendas a madrugada de cada dia,

Pressentida pelos

Pássaros e pelos poetas.

Acolhas o Sol

Cansado e sonolento,

A cada entardecer.

E sobre ele estendas

Mantos de esperança

Percebidos pelos indígenas.

Perdoe-nos as tantas falhas, a destruição que provocamos.

Ainda somos pequenos no Amor.

Pachamama levanta-te

A natureza é tua alma.

Restitui sua antiga e sempre nova grandeza,

a humanidade está a tua espera,

Precisamos de tua bondade

e do teu equilíbrio.

Da tua poesia,

Da ternura,

Da terra,

Da tua Presença.


* Inspirado em prece andina

IN PACHAMAMA, Aline Rochedo. Pachamama “a poesia é a alma de quem escreve”. Rio de Janeiro, Pachamama Editora. 2015 p.9



9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo